Fazendo compras em New York City

Dollar Americano
O Dollar americano – Moeda dos EUA

Embora Nova York seja uma das cidades mais caras para fazer compras nos EUA, ainda assim vale a pena adquirir itens como roupas, perfumes, eletrônicos e calçados. Existem diversos pontos da Big Apple conhecidos por abrigarem grandes concentrações de lojas de marcas famosas como a Times Square e a 5th Avenue. Mas se você busca melhores preços, certamente as lojas de departamento e os Outlets são uma melhor opção para fazer compras em New York.

Resolvi dividir este texto em tópicos indicando os melhores lugares para adquirir itens de vestuário, perfumaria e produtos eletrônicos.

Roupas e perfumaria

Sem dúvida as lojas de departamento oferecem, dentro da cidade, os melhores preços para artigos de vestuário e perfumaria (incluindo óculos de sol, calçados e demais itens). Dentre as lojas de departamento de Nova York, as maiores e mais famosas são a Macy’s, Century 21, Bloomingdale’s e Burlington Coat Factory. Dentre essas citadas as que encontrei melhores preços foram na Burlington e na Century 21. Nessa ultima adquiri um óculos Ray Ban aviador por US$ 70,00, enquanto que o mesmo óculos na loja da Ray Ban da Times Square estava de US$ 150,00!

Entretanto, é inegável que os melhores preços para artigos de vestuário e perfumaria são encontrados nos Outlets. Contudo, estes espaços ficam afastados das regiões turísticas e, caso decida ir em algum, será necessário separar um dia da sua estada para a visita. Certamente os melhores Outlets mais próximos a New York City são o Jersey Garden e o Woodbury.

Macy’s Maior loja do mundo
Macy’s, a maior loja de departamentos do mundo – New York City, EUA

Eletrônicos, celulares, tablets e câmeras fotográficas

É inegável que quem vai aos Estados Unidos pense em adquirir algum tipo de eletrônico (comprar aquele iPhone novo por um valor bem mais em conta que no Brasil). Dentre as diversas lojas que vendem este tipo de produto, as que obtive os melhores preços foram a Best Buy e B&H Photo Vídeo. Essa última apresentou os melhores preços durante a minha estada na Big Apple. Além disso, a B&H é a maior loja de artigos de fotografia e vídeo dos EUA, apesar de não vender apenas produtos dessa área (lá você encontrará artigos de informática e eletrônicos de todos os tipos). Destaque ainda para a B&H por ter em seu quadro de funcionários alguns que falam português.

Recomendo que visite o site dessas duas lojas para verificar se têm o produto que você necessita. Para acessar os site da B&H CLIQUE AQUI. Para o site da Best Buy CLIQUE AQUI.

Ademais, apesar dessas duas lojas citadas fornecerem produtos Apple muitas vezes com preços melhores que as próprias lojas oficiais da marca, recomendo que conheça uma Apple Store (destaque para a mais famosa delas na 5th Av.) caso seja fã da maçã. 

Contato

Gostou dessas dicas de São Luis do Maranhão? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

Assistindo a um jogo da NBA em New York City

NBA no Madison Square Garden
NY Knicks vs MN Timberwolves – Madson Square Garden, New York City, EUA

É fato que os americanos adoram esportes e os eventos esportivos. Afinal, lá nos EUA esse tipo de evento não é apenas um jogo e acabou, o que acontece é na verdade um verdadeiro espetáculo. Dentro desse mundo, um jogo da NBA não é diferente e é promessa de um grande show. 

Mesmo para quem não é fã de esporte, eu certamente recomendo que verifique a agenda de eventos esportivos que irão ocorrer na cidade e que tente encaixar algum em seu roteiro. Tive o privilégio de conseguir assistir um jogo dos New York Knicks e curti demais, aliás, neste texto vou contar todos os detalhes dessa experiência.

Ademais, a temporada da NBA começa em outubro e termina em abril do ano seguinte, com o título de campeão sendo disputado por 30 equipes. Um total de 82 jogos ocorrem neste período.

Os times de basquete de Nova York

A cidade de Nova York abriga dois dos times da NBA (o Knicks e o Brooklyn Nets), possuindo então duas arenas nas quais ocorrem os jogos. São elas: o mundialmente famoso Madison Square Garden (casa do Knicks) e o novíssimo Barclays Center (casa do Brooklyn Nets). Comprei o ingresso para um jogo no Madson Square Garden, afinal sempre tive vontade de conhecê-lo. 

New York Knicks
New York Knicks é um dos times da cidade – New York City, EUA

Como adquirir seu ingresso para um jogo da NBA

A vendas dos ingressos para os jogos é feita principalmente pela internet pelo site da Ticket Network (CLIQUE AQUI para acessar).  Os valores começam em aproximadamente US$ 70,00 mas podem chegar a US$ 500,00 a depender do assento. Após a confirmação do pagamento, o ingresso é enviado para seu e-mail, bastando imprimi-lo ou apresentá-lo no smartphone na entrada da arena. É altamente recomendável que faça a compra com antecedência pois, devido a alta popularidade do basquete nos EUA, os ingressos esgotam rápido.

O jogo de basquete a la NBA

Inegavelmente cada jogo de basquete será sempre um show diferente. O entretenimento que um evento esportivo desses entrega é sensacional e as quase 1:30 h que você passará na arena parecerão minutos. 

Antes do jogo sempre há a execução do hino nacional dos Estados Unidos por um cantor ou uma cantora de renome. Surpreendentemente, no jogo que assisti quem fez esta apresentação foi Mariah Carey.

Antes de mais nada, o jogo de basquete consiste em 4 quartos de 12 minutos cada, sendo que a cada final de quarto ocorre um espetáculo das cheerleaders ou brincadeiras com a torcida. Após os dois primeiros quartos, há um intervalo maior no jogo no qual ocorre a famosa apresentação das cheerleaders e mais brincadeiras. Além disso, a cada pedido de “tempo” que um técnico faz entram novamente as cheerleaders para divertir os torcedores, as vezes jogando brindes nas arquibancadas. 

Claro que no meio de todas essas atividades paralelas há o jogo propriamente dito. Você irá assistir ao melhor do basquete mundial e presenciar jogadas incríveis e uma energia maravilhosa da torcida ajudando o time da casa. A cada jogada ofensiva do time a galera explode e vibra com seu time do coração.

Outros esportes em New York City

Além da NBA, Nova York recebe jogos de hokey da NHL (com três equipes na cidade), baseball da MBL (com duas equipes) e futebol americano da NFL (representada na cidade por uma equipe). Seja em qualquer desses esportes, a diversão é garantida e recomendo bastante que busque participar de uma experiência desse tipo.  

Contato

Gostou dessas dicas para assistir a um jogo da NBA em Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

Subindo nos arranha céus de Manhattan em New York

one World Trade Center
One World Trade Center – New York City, EUA

Um dos programas mais legais de Nova York, subir em um dos arranha céus para admirar a vista da cidade por cima é certamente um programa que recomendo a todos que visitam a Big Apple. Atualmente existem quatro prédios mais famosos que permitem a visitação a seu topo mediante o pagamento de uma entrada: O icônico Empire State Building, o One World Observatory, o Top of The Rock e o mais recente Hudson Yards.

Empire State Building, o mais icônico dos arranha céus

O Empire State Building é um arranha céu de 381 m de altura, que foi o prédio mais alto do mundo entre 1931 e 1970, embora atualmente seja apenas o 9º mais alto dos EUA. O edifício mais icônico da cidade (e um dos mais icônicos arranha céus do mundo) recebe mais de 3,5 milhões de visitantes todos os anos, vindos de diversas partes do planeta.

A visita

Os encantos do edifício começam antes mesmo da subida a suas plataformas de observação. Antes de tudo, o saguão é encantador e luxuosamente decorado, existindo uma maquete do prédio na entrada para os observatórios. Além disso, ainda existem várias salas com exposições bem legais antes do acesso aos elevadores. São painéis e réplicas que contam a história do prédio, contendo até uma réplica de elevador antigo e ainda uma sala com os mais de 400 filmes que utilizaram o Empire State como cena, com um destaque especial ao lendário King Kong.

O Observatório principal fica no 86º andar e fica ao ar livre, cercado por muros e grades e que tem uma visão 360° da cidade. Existe um segundo observatório localizado no 102º, fechado com vidros e climatizado, porém com um ingresso mais caro. Os preços são de US$ 42,00 para o 86º andar e de US$ 72,00 para incluir o 102º na visita. Os passes de atrações contemplam o acesso ao observatório mais baixo, porém é possível solicitar o upgrade na bilheteria na hora de trocar o passe pelo ingresso mediante o pagamento da diferença.

vista do Empire State Building
Vista do Empire Estate Building – New York City, EUA

Na saída da visita passamos por uma lojinha de lembranças do prédio, no entanto os preços são elevados. É possível encontrar os mesmos artigos vendidos ali em Chinatown por um valor bem mais em conta. 

O Empire State Building funciona todos os dias do ano, das 08 h às 02 h. 

One World Observatory, o mais alto

O edifício mais alto dos EUA e do hemisfério ocidental na atualidade. Fica localizado na região de Lower Manhattan onde existiam as torres gêmeas, derrubadas nos atentados de 11 de setembro, e faz parte do novo complexo do World Trade Center. O prédio foi inaugurado em 2014, dessa forma é um dos mais modernos arranha céus da cidade. 

A visita

A experiência da visita começa logo após passar pelo raio x, com um enorme telão contabilizando a quantidade de visitantes que já passaram por ali e seus países de origem. Além disso, existem telas que passam vídeos contando a história da reconstrução do World Trade Center. Logo após entramos no elevador batizado de “Sky Pod”, que é um espetáculo a parte. Ele é todo coberto com painéis que mostram um filme que conta a história e evolução do skyline de Manhattan. Surpreendentemente, o trajeto até o topo no 102º andar é feito em 60 segundos.

Descendo do elevador, chegamos em uma sala com telas que transmitem um vídeo sobre a cidade de Nova York. Seguindo o passeio chegamos ao observatório propriamente dito. Sem dúvida a vista da cidade é maravilhosa, sendo possível observar diversos pontos da cidade e até de Nova Jersey. Existe ainda uma parte do piso que é formado por telas que transmitem as imagens de câmeras posicionadas na parte externa do prédio que mostram as ruas lá embaixo (a sensação é que estamos flutuando!). 

Brooklyn e Manhattan bridges vistas do One World Observatory
Vista do One World Observatory – New York City, EUA

Além disso existe uma apresentação feita pelos guias do local chamada “City Pulse”, que, utilizando uma série de telas interativas, vão contando a história da cidade de uma forma bem dinâmica. 

Ademais, no local também existe uma loja de lembrancinhas, porém os preços são mais elevados do que os valores que encontramos nas ruas de Chinatown.

Preços e horários de funcionamento

O One World Observatory abre todos os dias da semana das 09 h às 20 h.

O preço do ticket para acessar o One World Observatory custa US$ 42,00 e é recomendável que faça a compra antecipada pela internet no site da GetYourGuide, pois assim é possível reservar o horário da visita de modo a evitar filas. Ademais, é possível utilizar os passes de atrações para a entrada. 

Top of The Rock, a melhor vista

Um dos edifícios localizados no Rockefeller Center, o 30 Rockefeller Plaza abriga o observatório Top of The Rock no 70º andar. Aos seus pés ficam localizadas a pista de patinação no gelo mais famosa da cidade (retratada no filme “Esqueceram de Mim”) e, durante o mês de dezembro, a gigantesca árvore de natal igualmente famosa.

entardecer no Top of The Rock
Plataforma de observação do Top of The Rock – New York City, EUA

O Observatório desse edifico fica localizado a 259 metros de altura e tem uma vista privilegiada da ilha de Manhattan (a mais bela em minha opinião). O destaque fica por conta da proximidade do Empire State Building que se sobressai nas fotos. Além disso, no lado oposto é possível ter uma visão do Central Park (ainda que esta seja um pouco prejudicada pelos demais arranha céus).  Caso tenha que escolher apenas um dos prédios para subir esse é minha recomendação, até mesmo em relação ao mais procurado Empire State, pois aqui o Empire State sai na foto!

Preços e horários de funcionamento

O Top of The Rock funciona todos os dias das 08 h às 00 h e recomendo que faça sua visita algumas horas antes do pôr do sol. Desse modo é possível curtir o visual de dia e pegar o início da noite, com as luzes da cidade se acendendo. 

anoitecer no Top of The Rock
Anoitecer no Top of The Rock – New York City, EUA

Os valores para o observatório são de US$ 42,00 para adultos e US$ 35,00 para crianças de 6 a 12 anos (menores de 5 anos não pagam entrada). Ademais, é possível utilizar os passes de atrações para este passeio.

Edge NYC no Hudosn Yards, o mais recente dos arranha céus

Inaugurado em 2019, o complexo Hudson Yards abriga o mais novo observatório nas alturas de Manhattan. Localizado no 100º andar, a 335 metros de altura, o Edge NYC é um deque de observação em 360 graus que tem uma vista sem interferência e mais pela lateral da ilha de Manhattan. Em síntese, é composto por um deque fechado e climatizado e por uma plataforma externa em formato triangular que é o destaque do local. Nessa plataforma existe ainda uma parte do piso que é de vidro, o que permite observar as ruas lá embaixo.

Ademais, para subir no Edge NYC é necessário agendamento prévio de data e horário de visitação e o preço é de US$ 38,00. Para acessar o site e conferir datas e horários disponíveis CLIQUE AQUI.

Contato

Gostou dessas dicas para conhecer os arranha céus de Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

O incrível American Museum of Natural History em New York

American Museum of Natural History
Entrada principal do American Museum of Natural History – New York City

Sei que nem todos gostam de museus, mas garanto que vale a pena visitar pelo menos um deles. Fiz a visita ao American Museum of Natural History e fiquei inegavelmente maravilhado com a coleção. São cinco pavilhões com um acervo de cerca de 30 milhões de artefatos e espécimes. Dessa forma, já adianto que é impossível conhecer tudo em apenas uma visita. Portanto, um tempo médio para uma experiência boa é de pelo menos 4 h de passeios pelos corredores e galerias do museu.

O AMNH ficou mundialmente famoso após o filme Uma Noite no Museu, que foi gravado aqui. Além disso, dispõe de um enorme acervo de fósseis de dinossauros em tamanho natural e de animais de todos os tipos empalhados. Para quem está com crianças, certamente elas ficarão maravilhadas com os esqueletos dos bichos pré-históricos e com os bichinhos empalhados.

Tiranossauro rex fóssil
Tiranossauro Rex no AMNH – New York City

Horário de funcionamento do American Museum of Natural History

 O horário de funcionamento do AMNH é das 10:00 h às 17:45 h, abrindo todos os dias da semana. A entrada para o museu custa US$ 23,00 para adultos, US$ 13,00 para crianças de 2 a 12 anos e US$ 18,00 para estudantes e aposentados. Ademais, há a possibilidade de utilizar um dos passes de atrações para a entrada.

ídolo
“Ei bobão, me dá um chiclete” (Uma noite no museu) – New York City

Contato

Gostou dessas dicas do American Museum of Natural History em Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

Como conhecer os principais parques de New York City

Central Park no inverno – Nova York, EUA

Nova York é uma cidade que oferece a seus moradores e visitantes diversas opções de parques e áreas recreacionais. São cerca de 1700 espaços disponíveis, alguns enormes e outros bem pequenos, mas todos fazem com que a Big Apple se torne mais agradável. Nesse texto falarei um pouco mais sobre os principais parques de New York City.

Dentre todos esses parques os que considero os principais são o inegavelmente famoso Central Park, o Bryant Park, o Washington Square Park, o parque The High Line e o Brooklyn Bridge Park. 

Central Park (o principal dos principais parques de New York)

Bow Bridge – Central Park, Nova York, EUA

Certamente um dos maiores parques urbanos do mundo e um dos símbolos da cidade de Nova York, possuindo uma área de 3,41 km². Além disso, é considerado pelos nova-iorquinos como um oásis dentro da grande cidade. O parque é mundialmente famoso, pois já apareceu em diversos filmes e séries de TV e, devido a essa fama, recebe anualmente cerca de 42 milhões de visitantes.

Dentro do parque é possível encontrar diversas atrações como cascatas, lagos, bosques, praças, grandes gramados, um restaurante, além de um zoológico (o Central Park Zoo retratado na animação Madagascar) e, inesperadamente, até um castelo (o castelo Belvedere). É possível passear por lá andando ou de bicicleta (você pode fazer um tour de bicicleta guiado ou pegar uma das bicicletas urbanas e se aventurar sozinho). Devido a imensidão do lugar, recomendo que separe um turno inteiro para conhecê-lo, tenho certeza que irá se apaixonar.

Ademais, dentre os principais pontos de interesse do parque podemos citar: The Bow Bridge (a ponte mais famosa do parque), The Great Lawn (um enorme gramado no meio do parque), Strawberry Fields (Uma homenagem ao Beetle Jhon Lennon), Jacqueline Kennedy Onasses Reservoir (o maior lago do Central Park com um perímetro de aproximadamente 2,4 km), Sheep Meadow (mais uma grande área verde que os locais utilizam para fazer piqueniques e relaxar), Shakespeare Garden (um dos belos jardins que contém uma amoreira que dizem que foi o próprio Shakespeare quem plantou), The Mall (um enorme caminho arborizado que vai dar na Bethesda Terrace and Fountain ( que é a praça mais famosa do parque), além do Central Park Zoo e do Castelo Belvedere que já citamos.

Bryant Park

Bryant Park – Nova York, EUA

É o parque que fica localizado atrás da biblioteca publica de Nova York, no coração de Midtown, e é repleto de atrações e atividades durante todo o ano. Na primavera e no verão há um lindo gramado para piqueniques, relaxar, tomar um sol ou ler um livro. No inverno o local recebe uma pista de patinação no gelo. Por fim, é lá que fica a famosa fonte Josephine Shaw Lowell, a qual tem suas águas completamente congeladas no inverno.

Washington Square Park

Arco do Washington Square Park – Nova York, EUA

O parque batizado em homenagem a George Washington fica localizado em Greenwich Village e é um centro de atividades culturais, recebendo diversos artistas de rua que se apresentam por lá. Além disso, marca o começo da quinta avenida e é repleto de atrativos como playgrounds, mesas de xadrez e piquenique e jardins.  Seus dois marcos mais famosos são o Arco de Washington e sua grande fonte.

The High Line (o mais novo dos parques de New York)

O parque The High Line é o mais diferente de todos os parques da Big Apple. Ele foi construído em cima de uma linha de trem suspensa desativada, que fica a 10 metros acima das ruas.  Tem uma extensão de aproximadamente 1,5 km e recomendo que percorra cada cm dele, certeza que irá curtir a caminhada. Além disso, é também uma espécie de galeria de arte urbana com diversos grafites nos muros e nos prédios ao redor. 

Brooklyn Bridge Park

Vista do Skyline de Manhattan – Brooklyn Bridge Park, Nova York, EUA

Este parque fica localizado embaixo da ponte do Brooklyn, entre esta e a Manhattan Bridge, na região conhecida como D.U.M.B.O. (Down Under Manhattan Bridge Overpass).  Seu principal atrativo é a bela vista do famosíssimo Skyline de Manhattan, mas também tem um enorme gramado para fazer piqueniques ou relaxar (no inverno não é muito legal esta opção). 

Ademais, a melhor maneira de aproveitar esse lugar é saindo de Lower Manhattan e atravessando a pé a ponte do Brooklyn até chegar ao parque. Em suas redondezas existem diversos cafés e restaurantes e a famosa soverteria do Brooklyn (a Brooklyn Ice Cream Factory, que não abre no inverno). 

Contato

Gostou dessas dicas para conhecer os melhores parques de Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

Como conhecer a Estátua da Liberdade em New York

Estátua da Liberdade
Estátua da Liberdade – New York City, EUA

História e curiosidades

A Estátua da Liberdade (The Statue of Liberty em inglês, ou Lady Liberty para os mais íntimos) é inegavelmente um dos monumentos mais icônicos dos Estados Unidos da América (se não for o mais icônico). É uma escultura enorme, feita inteiramente em cobre, que fica localizada na ilha da Liberdade em Nova York e foi um presente do povo da França para os EUA.  Simboliza a liberdade, a democracia e a esperança, além disso, é um símbolo de boas vindas aos imigrantes que chegam no país. Ademais, foi inaugurada em 1886 e segura na mão direita uma tocha e na esquerda a declaração de independência dos EUA.

Ela tem uma altura de aproximadamente 93 metros, sendo 46 metros da escultura e cerca de 47 metros do seu pedestal.

Inegavelmente é uma das atrações mais procuradas pelos turistas que visitam a cidade. O monumento recebe cerca de 3 milhões de visitantes todos os anos, vindos de todos os cantos do mundo. O passeio para chegar até a Lady Liberty (que fica no parque Liberty State Park) é portanto altamente recomendável e começa em um castelo no sul da ilha de Manhattan (Castelo Clinton), localizado dentro do Battery Park. 

Castelo Clinton
Castelo Clinton – New York City, EUA

Como chegar até a ilha Liberty Island

A única empresa autorizada para realizar o transporte dos visitantes até a Liberty Island é a Statue Cruises. Os tickets de acesso podem ser adquiridos no local antes do embarque, ou pela internet. Recomendo bastante que faça a compra antecipada do ingresso. Dessa forma, você conseguirá evitar uma fila no dia da visitação (existe uma fila para a compra e outra para o embarque). Além disso, caso queira os tickets para acessar o pedestal ou a coroa é altamente recomendável que os adquira antecipadamente, pois eles esgotam rápido sendo praticamente impossível encontrá-los na hora. O horário de funcionamento da estátua é diário das 09 h às 17 h.

Ademais, dentro da ilha da Liberdade, além de conhecer a estátua você irá encontrar uma vista maravilhosa da ilha de Manhattan, um museu sobre a história do monumento, lojas de souveniers, e uma lanchonete. 

Como adquirir os ingressos para a Estátua da Liberdade

Os ingressos são vendidos no site da Statue Cruises (www.statuecruise.com) e tem os valores de US$ 19,25 para o Acesso Geral, US$ 19,25 para o acesso ao pedestal (isso mesmo, é o mesmo valor do Acesso Geral) e US$ 22,25 para o acesso á coroa. Estes valores são para adultos, crianças entre 4-12 anos e idosos pagam menos (US$ 14,00 e US$ 9,00, respectivamente) e crianças até 3 anos não pagam nada. Além disso, os principais passes de atrações de Nova York incluem o ingresso de Acesso Geral para a Estátua da Liberdade, porém para resgatá-lo é necessário pegar a fila da bilheteria. Dessa forma, minha recomendação é que faça este passeio adquirindo com antecedência o ingresso para o pedestal diretamente do site da Statue Cruises.

Estátua da Liberdade Manhattan
Chegando à Estátua da Liberdade – New York City

Tipos de passeios para a Estátua da Liberdade

Primeiramente vale ressaltar que existem três modalidades de ingressos para o passeio: Acesso Geral, Acesso Geral + Pedestal e Acesso Geral + Pedestal + Coroa. O primeiro tipo permite apenas que seja acessada a ilha e suas instalações (museu, lojas e lanchonetes). O ingresso de Acesso Geral + Pedestal permite, além dos acessos do primeiro, acessar o pedestal da estátua que tem uma vista maravilhosa de Manhattan de seus quase 47 metros de altura e permite uma visão de perto da Lady Liberty. Entretanto o terceiro e ultimo tipo de ingresso permite, além dos acessos dos outros dois, o acesso até a coroa do monumento. Mas tenha em mente que para acessar a coroa é necessário subir 354 degraus em uma escada bem apertada e a vista das janelas lá de cima é bem limitada. Dos três tipos de ingresso, certamente o que mais recomendo é o que dá acesso ao pedestal.

Manhattan New York
Manhattan vista do topo do pedestal da Estátua – New York City, EUA

Duração média do passeio

O tempo médio para fazer este passeio é de 4 h, ou metade de um dia. Além disso, no retorno para Manhattan o barco faz uma parada em Ellis Island, local onde existe o Museu da Imigração que pode ser visitado gratuitamente. Caso não tenha interesse em conhecê-lo, basta esperar no barco que ele irá continuar até o desembarque no Battery Park.

Ademais, a estátua da liberdade sempre tem filas. Seja na bilheteria ou no acesso ao barco, certamente você irá pegar filas para fazer este passeio. Dessa forma, recomendo que chegue bem cedo ao Battery Park, de preferência já com o ingresso adquirido pela internet impresso para não ter que passar pela bilheteria. Cheguei lá antes das 08 h e fui o primeiro da fila para acessar o barco (já fui com o ingresso impresso). 

Por fim, existe uma opção para se ver a Lady Liberty de graça, porém sem desembarcar na ilha. Para tal, basta pegar o Staten Island Ferry, que é um transporte por barco gratuito entre a ilha de Manhattan e a Staten Island. 

Contato

Gostou dessas dicas para conhecer a Estátua da Liberdade em Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

New York, a cidade mais cosmopolita do mundo

New York City – New York, USA

Nova Iorque, New York ou Nova York, independentemente da forma como os brasileiros a chamam uma coisa é certa: É a cidade mais cosmopolita do mundo. Inegavelmente por lá é possível encontrar pessoas que falam 800 idiomas diferentes, o que a torna a cidade com maior diversidade linguística do mundo. Com uma população de 18,9 milhões, decerto a região metropolitana de Nova York é a maior dos EUA e uma das maiores do mundo.

Além disso, Nova York é o centro financeiro do mundo. Suas bolsas de valores ditam os rumos dos mercados financeiros de diversos países, inclusive do Brasil. A famosa Wall Street, local onde fica a bolsa de valores de Nova York (New York Stock Exchange), é sobretudo o maior centro financeiro do planeta em termos de capitalização de recursos.

Sua fama é mundial e inegavelmente seus monumentos e pontos turísticos são reconhecidos por qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. Quem nunca ouviu falar na Estátua da Liberdade, no Central Park e na Times Square? Grande parte dessa fama é mérito do cinema hollywoodiano, que sempre está criando histórias que se passam por lá. Ademais, a cidade recebe cerca de 50 milhões de visitantes todos os anos.

O que fazer em New York City

Neste artigo citarei sucintamente alguns dos principais pontos turísticos e atrações que a cidade que nunca dorme oferece a seus visitantes, além de dicas sobre a visitação e o que fazer em cada um deles durante a sua estadia. Ademais, para mais detalhes sobre as atrações e passeios é só clicar no link disponível no texto para ser direcionado para um artigo mais específico sobre o assunto em questão.

Passe de Atrações para New York City

Primeiramente, antes de começarmos a falar sobre as atrações turísticas em si eu tenho uma dica máster para que você economize muito nos passeios que irá fazer em Nova York. São os passes de atrações turísticas com os quais podemos obter até 50% de desconto quando se compara o preço do passe com o preço somado das atrações a serem visitadas, certamente um desconto incrível!

Existem diversos tipos de passes, entretanto os principais são o New York Pass, o City Pass, o Explorer Pass e o The Sightseeng Pass. Este ultimo foi o que utilizei e tive uma experiência excelente, entretanto ressalto que cada passe funciona de uma forma diferente, alguns por números de dias que pode ser utilizado (sendo que neste período tem-se direito de visitar todas as atrações que conseguir), outros por quantidade de atrações a serem visitadas (você contrata a quantidade certa de atrações que irá utilizar, com um prazo para utilização bem maior a partir do primeiro uso). 

Conhecer a Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade – Nova York, EUA

Inegavelmente um dos (se não o) mais icônicos monumentos dos EUA, e símbolo da liberdade mundial. Foi um presente do povo da França aos Estados Unidos e é toda feita em cobre. Além disso, é aberta à visitação, sendo possível inclusive subir até a sua coroa (a depender do ticket que você adquirir). A empresa que administra o passeio de barco até a Ilha da Liberdade e o acesso à estatua é a Statue Cruises. Para saber todos os detalhes de como fazer a visita à Lady Liberty CLIQUE AQUI.

Conhecer os parques da cidade

Central Park no inverno – Nova York, EUA

Nova York é repleta de parques incríveis, extremamente belos e muito bem conservados. Dentre os mais de 1700 locais de recreação da cidade, certamente se destacam o Central Park, o Bryant Park, o Washington Square Park, o parque The High Line e o Brooklyn Bridge Park. Cada qual com sua particularidade, eles têm em comum o fato de servirem como válvula de escape da correria do dia a dia para os moradores da Big Apple.

Ademais, preparei um texto específico para falar sobre estes cinco parques que considero os principais de New York City, CLIQUE AQUI para saber mais sobre cada um deles. 

Sentir a energia da Times Square

Times Square – Nova York, EUA

Um dos pontos mais conhecido de New York City em todo o globo, a Times Square é decerto o cruzamento mais famoso do mundo (cruzamento da Broadway com a Sétima Avenida). Seus enormes letreiros estão sempre acesos (dia e noite) e encantam pela beleza. Diariamente passam pelo local mais de 300.000 pessoas de todos os cantos do mundo. Antes de mais nada, por lá você vai encontrar pessoas falando variados idiomas, variadas lojas de diversas grifes mundialmente famosas, restaurantes, lanchonetes, pubs e bares. Além disso, é nas proximidades da Times Square que ficam os teatros da Broadway, mundialmente conhecidos por seus espetáculos (falaremos sobre os espetáculos da Broadway em um tópico adiante).

Ademais, uma dica extra é admirar o intenso movimento do lugar do alto da escadaria da TKTS, lá de cima temos uma vista privilegiada e é certeza de render fotos bem legais. Certamente você irá passar por aqui mais de uma vez durante a sua viajem. Eu mesmo passei por este lugar mágico todos os dias durante a minha estadia para sentir sua energia vibrante.

Visitar um Museu

Inegavelmente Nova York é uma cidade que tem alguns dos museus mais importantes do mundo. São cerca de 80 espalhados pela cidade, os quais apresentam acervos variados de arte moderna, contemporânea, antiga e história da humanidade. 

American Museum of Natural History – New York City, EUA

Os principais museus da cidade são o Museu Americano de História Natural (American Museum of Natural History), The Metropolitan Museum of Art, Museum of Modern Art, Solomon Guggenheim Museum e o Museu Nacional do 11 de Setembro. Para conferir minha experiência no Museu Americano de História Natural CLIQUE AQUI.

Admirar a cidade do topo de um arranha céu 

Vista do Top of The Rock – Nova York, EUA

Um dos programas mais legais de Nova York, subir em um dos arranhas céus para admirar a vista da cidade por cima é certamente um programa que recomendo a todos que visitam a Big Apple. Atualmente existem quatro prédios mais famosos que permitem a visitação a seu topo mediante o pagamento de uma entrada: O icônico Empire State Building, o One World Observatory, o Top of The Rock e o mais recente Hudson Yards. CLIQUE AQUI para conferir a experiência que tive ao visitá-los.

Conhecer o Chrysler Building

Um dos edifícios mais emblemáticos e famosos de New York City, o Chrysler Building foi inaugurado em 1931 e tem 319 metros de altura. Diferentemente dos demais arranhas céus que já falamos, o Chrysler Building não tem um observatório em seu topo. Contudo, é possível entrar em seu lobby e admirar a decoração do local (que lembra bastante a do Empire State). O prédio é utilizado para aluguel de escritórios e residências. 

Admirar a beleza da New York Public Library

Biblioteca Pública de Nova York – New York City, EUA

Famosa por ter aparecido no filme dos Caça Fantasmas e em diversos outros, a Biblioteca Pública de Nova York (New York Public Library) é certamente um dos prédios históricos da cidade. Teve sua fundação em 1895 e mantém sua arquitetura original conservada até os dias de hoje. Fica localizada ao lado do Bryant Park, na esquina da 5ª avenida com a 42nd Street, e tem um acervo de 55 milhões de livros. 

A entrada é gratuita e recomendo bastante que passe no local para conhecer. Ademais, o famoso salão onde foram gravadas as cenas do filme Caça-Fantasmas fica no primeiro andar, subindo-se as escadas logo após passar pela entrada. 

Se impressionar com a grandeza do Grand Central Terminal

Grand Central Terminal – Nova York, EUA

A maior estação ferroviária do mundo fica localizada no coração de Nova York. O local é enorme e surpreendentemente decorado, contendo ainda diversas lojas, lanchonetes e restaurantes em seu interior. Destaque para a loja da Apple, toda aberta, que fica no andar de cima em um local que se assemelha a um mezanino. Dessa forma, o local se parece muito com um verdadeiro shopping Center.

Uma curiosidade dali é  a Whispering Gallery (Galeria do Sussurro), que fica na frente do restaurante Oyster Bar. Trata-se de um dos arcos da arquitetura do lugar que, devido a seu formato e posição, permite que uma pessoa sussurre de um lado e seja escutada por outra na extremidade oposta que fica a 15 metros de distância.

Quem já assistiu à animação Madagascar vai lembrar na hora da cena dos animais querendo comprar uma passagem de trem para fugir da cidade. Existem diversos outros filmes que tiveram cenas gravadas ali (como por exemplo o primeiro Vingadores que teve um momento decisivo da “batalha de Nova York” gravada na parte externa do prédio). Ademais, a entrada ao local é gratuita e recomendo bastante a visita, tenho certeza que irá se encantar com a grandiosidade da estação. 

Curtir uma happy hour em um rooftop bar

Local de encontro dos Happy Hours da Big Apple, os Rooftop bar são um programa que recomendo muito caso deseje ter esse tipo de experiência durante sua estada. São bares que ficam localizados nos topos dos prédios e que sempre estão movimentados aos finais de tarde e nas noites da cidade.

Destaque para o 230 Fifth Rooftop Bar e Sky Room Rooftop Bar. O primeiro tem uma vista incrível do Empire State Building e recomendo bastante a visita, mesmo que apenas para curtir o visual. Um detalhe importante: para consumo de bebidas alcoólicas é necessário ser maior de 21 anos comprovados mediante apresentação de documentação (conforme manda a lei dos EUA).

Conhecer o 9/11 Memorial 

Memorial do 11 de Setembro – Nova York, EUA

O Memorial para as vítimas dos atentados de 11 de setembro fica localizado exatamente no local onde existiam as Torres Gêmeas. Conhecido como Ground Zero (Marco Zero), o local é aberto ao público desde 11 de setembro de 2011 e é composto por duas enormes piscinas cercadas por uma praça. Os nomes das quase 3000 vítimas estão gravados nas bordas das piscinas e o local carrega uma forte energia de comoção. Além disso, ao lado das piscinas fica o Museu do 11 de Setembro, o qual exibe diversos itens em memória àquele fatídico dia.

Ademais, vale muito a pena visitar o local, lembrando que, por ser um local de comoção, é necessário ter muito respeito. Além disso, por ficar ao lado do One World Observatory, minha recomendação é que visite o Memorial ante de subir para o topo do arranha céu.

Passear por Chinatown, SoHo e Little Italy

SoHo – Nova York, EUA

Estes três bairros de Nova York certamente nos remetem a uma viagem entre a Europa e a Asia.

Primeiramente, o bairro de Chinatown é a maior comunidade de chineses fora da China. Por suas ruas você irá encontrar diversos letreiros em mandarim, restaurantes típicos da culinária chinesa e uma enorme variedade de lojas. Ademais, é aqui que você encontrará as lembrancinhas de viagem pelos melhores preços e recomendo muito que aproveite o passeio por suas ruas para comprá-las caso deseje. 

O SoHo (abreviação para South of Houston), é decerto o mais charmoso bairro da Big Apple. Suas construções com as escadas de aço formam a beleza do local. Por aqui são encontradas diversa lojas elegantes (incluindo uma loja da Apple bem mais vazia que a da quinta avenida), bares e restaurantes. Além disso, um passeio pelas ruas do SoHo é relaxante e altamente recomendável. 

Por fim, Little Italy é um bairro que apresenta uma forte presença italiana, repleto de restaurantes com uma excelente comida. Aqui que fica localizada a primeira pizzaria de Nova York, a Lombard que foi inaugurada em 1905. Com certeza em um passeio pelas ruas desse bairro você se sentirá na Itália.

Passear por Lower Manhattan

Wall Street, Nova York, EUA

A parte sul da ilha de Manhattan é conhecida por ser o coração financeiro do mundo. Com efeito, todos já ouviram falar de Wall Street, da Bolsa de Valores de Nova York e do World Trade Center. Um passeio por esta parte da cidade é recomendadíssimo, reserve um tempo em seu roteiro para conhecê-la, meio dia já é suficiente (4 horas). Eu combinei esse passeio com a ida a Estátua da Liberdade e com a visita ao Memorial do 11 de setembro, finalizando o dia com a subida ao One World Observatory.

Atravessar a Brooklyn Bridge e passear pelo D.U.M.B.O.

Brooklyn Bridge – Nova York, EUA

A ponte do Brooklyn é um dos maiores ícones da Big Apple e atravessa-la saindo de Manhattan é um dos programas gratuitos mais legais de se fazer. Do outro lado temos a região conhecida como D.U.M.B.O. (Down Under Manhattan Bridge Overpass), local que tem uma vista maravilhosa do Skyline da cidade. Além disso, é lá que ficam localizados o famoso Jane’s Carrousel e a rua 25 Washington Street, a qual tem uma vista linda de um dos pilares da Manhattan Bridge.

Assistir a um jogo da NBA (ou outro evento esportivo)

Os eventos esportivos dos EUA não são apenas um jogo e acabou, são um verdadeiro espetáculo. Por este motivo, sempre recomendo a alguém que vá passear naquele país verifique se durante sua estadia está programado algum evento deste tipo para que inclua em seu roteiro. Durante minha estada em Nova York consegui ir a um jogo da NBA no Madison Square Garden, CLIQUE AQUI para verificar esta experiência.

Assistir a um musical da Broadway

Uma das atrações mais procuradas pelos turistas que vão a Nova York, os musicais da Broadway são muito mais que um espetáculo de teatro.  Todas as produções de lá são impressionantes e superam as expectativas de qualquer pessoa. Cada espetáculo tem sua particularidade e um tipo de público alvo. Dessa forma é interessante fazer uma pesquisa sobre a sinopse de cada um deles e escolher o mais adequado a seu perfil. Os melhores musicais da Broadway em cartaz atualmente são O Fantasma da Opera (o mais antigo deles), Aladdin, O Rei Leão, Wicked, Chicago, Come From Away, Harry Potter and the Cursed Child e Hamilton. 

É altamente recomendável que você separe uma noite da sua viagem para ir a um desses musicais, a experiência é única. Os espetáculos duram em média 2:30 h e os ingressos podem ser adquiridos pela internet no site da WePlann (CLIQUE AQUI para acessá-lo). 

Fazer compras

Macy’s – Nova York, EUA

É inegável que todo brasileiro que vai para os EUA sempre pensam em fazer compras. Esse fato se resume ao fato de, mesmo com o dólar nas alturas, os preços de diversos artigos ainda serem mais baixos do que aqui em nosso país. Embora Nova York seja uma das cidades mais caras para fazer compras nos EUA, ainda assim vale a pena adquirir itens como roupas, perfumes, eletrônicos e calçados. Para conhecer os melhores lugares para fazer compras em Nova York e proximidades CLIQUE AQUI.

Melhor local para hospedagem em Manhattan

Sobre hospedagem em Nova York, apesar da hospedagem em Manhattan ser um pouco mais cara do que nos demais bairros, recomendo que fique hospedado por lá. A economia de tempo que você terá nos deslocamentos para as atrações compensam e muito o valor um pouco mais alto. Dentro da ilha de Manhattan o local mais adequado para hospedagem é em Midtown por ficar localizado no bem no meio de tudo. Dessa forma, você otimiza seu posicionamento de modo a conseguir aproveitar melhor seu tempo curtindo os pontos turísticos ao invés de perdê-lo em deslocamentos.

Uma ótima região para se hospedar é nas proximidades da parte sul do Central Park. Ademais, recomendo o hotel Hudson Cental Park, que foi onde fiquei durante a semana que passei na Big Apple. O hotel é bem confortável e o atendimento do Staff foi excelente. 

Contato

Gostou dessas dicas de Nova York? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?