Como conhecer as Vinícolas Concha y Toro e Undurraga

Undurraga
Vinícola Undurraga – Chile

A Concha y Toro e a Undurraga são as vinícolas mais procuradas pelos turistas que conhecem Santiago. É um passeio de dia inteiro, no qual são conhecidas as instalações das duas vinícolas, além de conhecer um pouco mais sobre suas histórias.

Essas duas vinícolas são as mais visitadas do Chile e ficam no Vale Del Maipo, uma das regiões mais famosas de produção de vinhos no país. Ademais, o passeio pode ser feito através de agências de turismo ou por conta própria, escolhi a primeira opção devido a maior comodidade.

Tour pela Concha y Toro

Uma das maiores produtoras de vinhos do mundo, e a maior do Chile, a Concha y Toro oferece ao turista uma ótima experiência para conhecer suas instalações. Ainda que as visitas sejam feitas em grupos grandes, os guias são bastante atenciosos e estão prontamente disponíveis para tirar suas dúvidas.

A visita começa pelos jardins do casarão de Don Melchior, fundador da Concha y Toro. Porém, para visitar o interior do mesmo é necessário fazer um tour exclusivo. Em seguida, passamos por uma amostragem das cepas das mais variadas uvas cultivadas ali.

Concha y Toro
Jardins da vinícola Concha y Toro – Chile

Em seguida, adentramos às bodegas onde é mostrada a história do icônico Casilero Del Diablo, com a explicação em um vídeo de como surgiu este rótulo. Conhecemos então o local icônico no qual fica a sombra do “diablo” que guarda a bodega e o tour finaliza. Ademais, ao longo do percurso há três paradas para degustações de três vinhos da vinícola, e você ganha uma taça exclusiva.

Casilero Del Diablo
Diablo guardando os vinhos da Concha Y Toro – Chile

A duração total do tour é de aproximadamente 1 hora e a beleza do local conquista qualquer um, visto que as instalações da vinícola tem um jardim maravilhoso. Além disso, no local há uma loja caso deseje adquirir os rótulos da marca (os preços nos supermercados da cidade são melhores, fica a dica).

Tour pela Undurraga

O tour pela Undurraga é feito em grupos menores, o que traz uma sensação de maior exclusividade do que o tour pela Concha y Toro.

Começamos pelos jardins, onde a guia explica um pouco sobre a história da vinícola e sobre os antepassados indígenas que habitavam aquela região. Em seguida, prosseguimos até o vinhedo, onde é explicado sobre as variedades de uvas cultivadas e suas particularidades.

Logo após, somos levados até a adega, onde é explanado sobre o processo de produção dos vinhos, os tempos de guarda e os tipos de barris utilizados para armazenamento. Antes de finalizar o passeio, conhecemos ainda um pequeno museu (chamado Gente de la Tierra) com uma coleção de peças Mapuche e Andina.

Adega Undurraga
Adega da vinícola Undurraga – Chile

Em contraste com a Concha y Toro, aqui a degustação ocorre ao final do passeio e experimentamos cinco rótulos maravilhosos. Novamente, você ganha uma taça exclusiva da vinícola.

taças Undurraga
Taças da vinícola Undurraga – Chile

As instalações e jardins da vinícola também são muito bonitas, apesar de a beleza da Concha y Toro ser superior. Aqui também existe uma loja onde podem ser adquiridos os rótulos da marca (novamente, nos supermercados da cidade os preços são melhores).

Contato

Gostou dessas dicas de passeios pelas vinícolas Concha y Toro e Undurraga? Caso tenha qualquer dúvida ou se necessitar de mais informações é só deixar um comentário abaixo, terei o maior prazer em respondê-lo. Se preferir, pode entrar em contato comigo CLICANDO AQUI ou então é só enviar um e-mail para contato@wellsnaestrada.com.br.

Já me segue nas redes sociais?

Para acessar minha página do Instagram CLIQUE AQUI, ou então procure por @wellsnaestrada.

Para acessar minha página do Facebook CLIQUE AQUI, ou então procure por Wellsnaestrada.

Nossa loja de imagens

Para acessar nossa loja de fotos basta CLICAR AQUI, lá você encontrará várias opções de imagens para download ou para adquirir impressa, legal né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 4 =